sábado, 27 de março de 2021

A última morada

Para os Gregos Antigos, todos nós vamos para o reino de Hades, enquanto que os Romanos Antigos nós vamos para o reino de Orco. Geralmente o Mundo dos Mortos acaba sendo confundido com o Deus que o administra.

Independentemente de quem você acredita ser, do que acha que está fazendo, nossa morada derradeira é no Mundo dos Mortos. Os Gregos Antigos até descreveram [antes de Dante Alighieri] a "geografia" do reino de Hades.

Tártaro, "o local dos homens maus, pecaminosos, criminosos, injustos e tudo de pior que poderiam ter sido quando ainda vivos. Um local escuro, quente, tracejado por rios de lava, onde as almas recebiam os mais terríveis castigos para pagarem as atrocidades que fizeram em vida".

Campos Elíseos, "para este local eram encaminhadas as almas boas, das pessoas justas que propagaram a benevolência na sua passagem pelo mundo. É descrito como um lugar bem iluminado que possui um vasto campo verde, florido e perfumado, onde pode-se ouvir as doces melodias das liras. Era pura leveza e diversão dia e noite. Lugar para onde iam os grandes heróis, poetas e sacerdotes".

Campo Asfódelos, "o local conhecido como “lugar nenhum”, destinado às almas que não fizeram mal, mas também não fizeram algum grande feito que justificasse sua ida para os Campos Elísios. Isto é, um lugar para pessoas que não tiveram algum significado relevante na vida. É descrito como um local escuro, sombrio e monótono, com árvores secas e distorcidas, onde as almas não eram castigadas, mas também não recebiam qualquer tipo de benefício. Eram simplesmente fadadas à tristeza eterna".

Fonte: https://mitologiagrega.net.br/o-reino-de-hades/

Outros locais são a Planície do Julgamento, o Vale da Lamentação, o Érebo [geralmente confundido com o Campo Asfódelos] e a Ilha dos Afortunados [tipo "Ilha de Caras" do Submundo]. Locais menos recomendados para você estabelecer domicílio são o Campo das Almas Insepultas, a Ilha da Desgraça, a Vila dos Górgons e o Ninho das Harpias. Para novatos e turistas, recomenda-se visitar o olmo dos falsos sonhos.


Nenhum comentário: