sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Criança sai da escola para ir a festival pagão

Uma escola primária permitiu a uma mãe pegar sua criança da aula para ir a um festival de verão porque a família disse ser pagã.
Newington Green Primary, no norte de Londres em Islington, deu permissão para os três dias de faltas em Junho após a mãe de uma criança de seis anos argumentar que deveria ser permitido à criança ir à celebração por causa de sua crença.
O Paganismo, que está baseado na crença que a divindade está em todas as coisasa vivas, não é geralmente reconhecida como uma religião oficial. A família comparece ao festival de solstício que acontece todo ano em Avebury, Wiltshire, próximo de Stonehenge.
"Quando ela pediu na primeira vez, a escola não permitiu", disse uma fonte. "Então ela disse que ela era pagã e que era um festival religioso e então eles permitiram, porque eles deram folgas a outras crianças para feriados sagrados." Jennifer Slocombe, um orientador educacional da escola, confirmou que os pedidos dos pais tem sido garantidos, mas disse que desde o incidente tem havido uma diminuição das faltas.
"Os três dias foram colocados como faltas autorizadas, mas nós temos subsequentemente explicado a todos os pais que eles não terão feriados autorizados a menos que haja uma boa razão para isso" ela disse.
"No fim de Junho e começo de Julho do ano passsado, muitos pais estavam tirando suas crianças, então em toda Islington houve um massivo aumento para tentar conseguir comparecer."
As crianças não deveriam tirar qualquer dia de folga, mas os diretores tem tido alguma discreção para autorizarem faltas, usualmente em caso de doença, consultas médicas, luto e feriados religiosos.
Nick Seaton, o presidente da Campaign for Real Education, disse: "Este é o tipo de situação que entramos por tentar agradar a todos. Uma das principais responsabilidades dos pais é garantir que as crianças percam o menos possivel da escola e, por outro lado, eu não acho que eles deveriam perder a escola por isso."
De acordo com o censo de 2001, existem mais de 30,500 pagãos na Grã Bretanha, embora este número cresce para algo em torno de 40,000 se wiccanos e druidas forem incluidos. Uma representante da Pagan Federation disse: "Nós somos uma minoria religiosa substancial e em termos de igualdade religiosa, os pagãos deveriam ter os mesmos direitos que todos."
O Governo tem decretado numerosas restrições aos pais que tiram suas crianças durante o tempo de aula, particularmente para feriados familiares. As escolas foram orientadas para considerar os dias de falta como não autorizadas.
Nacionalmente, mais de 250,000 alunos tiram ao menos um dia de folga da esco,a por semana. O Governo alega que as taxas de faltas estão caindo, mostrando que as escolas estão ficando mais sevreas em dar permissão às crianças para faltarem.

Fonte: Telegraph

Nenhum comentário: